Agenda sp360graus #18

em

Elba Ramalho no SESC Campo Limpoelba-ramalho-lanca-no-rio-show-de-marco-zero-09012011-1294597003709_1024x768

“Comemorando 35 anos de carreira e com 31 discos lançados, a cantora nascida no alto sertão da Paraíba traz seus frevos dançantes, xotes românticos e canções que remetem às ricas tradições  populares do Brasil. No repertório, seus sucessos como De volta pro Aconchego, Anunciação, Banquete dos Signos, Morena de Angola, Gostoso Demais, Bate Coração, Chorando e Cantando,  Chão de Giz, Banho de Cheiro e Frevo Mulher. No palco, Elba vem acompanhada por uma banda formada por sete integrantes.”

Quando: Sáb 27/09 às 19:00

Onde: Sesc Campo Limpo

Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120
Chácara Nossa Senhora do Bom Conselho – Sul
 
Entrada Gratuita
 

Festival Comando S 10 Anos

img via catracalivre
img via catracalivre
 
Dando as boas vindas à primavera, o Festival Comando celebrará a variedade cultural em show gratuito na Praça Victor Civita no dia 27 de setembro, a partir das 14 horas, com uma mistura sonora que vai do Folk ao Jazz, da cena independente brasileira ao rap produzido na Espanha.
Shows:
14h – Coletivo Comando
15h – Blubell
16 – Mustache e os Apaches
17h – Projeto Nave com:
Rodrigo Tuchê
Ogi
Síntese
Max B.O.
Indee Styla (ESP)DJ SET: Ian Nunes
Quando: Sáb 27/09 às 14:00
Onde:Praça Victor Civita
Rua Sumidouro, 580
Pinheiros – Oeste
 
Entrada Gratuita
 

1° Festival de Cultura Experimental

img via Guiadasemana
img via Guiadasemana
 
programação conta com música acústica, elétrica, eletrônica e eletroacústica, exposição e instalações. Feira de arte/impressos, gastronomia e moda durante todo evento as atrações musicais do evento: Música Viva, Felipe Vilasanches e o coletivo ‘Invisibili (Cidades)’,E para terminar, Maurício Takara e Puro Osso.
 
Quando: Dom 28/09 às 16:00
Onde: Casa das Caldeiras

Avenida Francisco Matarazzo, 2000
Água Branca
 
Entrada Gratuita
 

Exposição “Histórias Mestiças” no Tomie Ohtake

img via catracalivre
img via catracalivre
 
“Histórias Mestiças é fruto de uma profunda e renovada investigação sobre as matrizes formadoras do povo brasileiro, a questão da mestiçagem e seu rebatimento na produção artística. A exposição fricciona cerca de 400 objetos de vários tipos, períodos e procedências – da arte africana tradicional à dos viajantes, do ameríndio ao contemporâneo – trazendo ao público não uma história da mestiçagem, mas uma mestiçagem de muitas histórias: ameríndias, africanas, européias, pré-coloniais, coloniais e pós-coloniais. “
 
Quando: de 16/08 a 05/10
 
Onde: Instituto Tomie Ohtake

Rua dos Coropés, 88
Pinheiros – Oeste
 
Entrada Gratuita
Anúncios

o que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s